MESTRAS DO BEM

 

Você, porém, fale o que está de acordo com a sã doutrina.² Ensine os homens mais velhos a serem sóbrios, dignos de respeito, sensatos, e sadios na fé, no amor e na perseverança.³ 

Semelhantemente, ensine as mulheres mais velhas a serem reverentes na sua maneira de viver, a não serem caluniadoras nem escravizadas a muito vinho, mas a serem capazes de ensinar o que é bom. Assim, poderão orientar as mulheres mais jovens a amarem seus maridos e seus filhos, a serem prudentes e puras, a estarem ocupadas em casa, e a serem bondosas e sujeitas a seus próprios maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja difamada, Tt 2.1-5

 

INTRODUÇÃO: As epístolas pastorais I, II Timóteo e Tito, têm em comum o fato, que elas insistem na necessidade de OPOSIÇÃO aos falsos ensinamentos que desafiavam a igreja, trazendo grandes dificuldades. Paulo deixou Tito liderando as igrejas na ilha de Creta, Tt 1.5. O apóstolo escreveu esta carta a Tito, porque ele quer ordem na igreja e um modo de vida correto para os crentes. Paulo começa dizendo que é servo segundo a fé e o conhecimento da verdade que é mostrada numa vida piedosa, Tt 1.1-2. O apóstolo revela que a igreja precisava de uma forte liderança e dá os requisitos necessários para os que querem servir. Ele queria que os homens e as mulheres fossem pessoas maduras em Jesus Cristo, para ter um bom comportamento cristão e o desejo de servir. Paulo mostra que o propósito da sua vida era transmitir a fé, ensinar a verdade, ter uma vida piedosa. Ele recomenda que as mulheres sejam igualmente piedosas e mestras do bem. Qual é o seu propósito de vida?

 

I) CULTURA E COMPORTAMENTO DOS CRETENSES

Creta era a maior e mais populosa ilha da Grécia. Os historiadores dizem que ela teve uma das civilizações mais desenvolvida no aspecto cultural, sofrendo a influencia da civilização grega antiga. Era conhecida pelos muitos deuses e deusas que possuía, pela preguiça, gula, mentira e o mal, Tt 1. 914,16. Façamos um paralelo com a cultura e o comportamento da sociedade atual. Hoje, a poderosa oratória das mestras motivacionais, que alimentam o eu com mais amor próprio, mais autoestima, mais mimos para o eu, que ensinam: “pode sonhar e fazer o que você gosta, o importante é ser feliz do seu modo, tenha inteligência emocional, sucesso financeiro e vida abundante! Veja a diferença deste ensino com Jo 10.911; Gl 2.20. Excluem Deus e a orientação da sua Palavra. Têm um comportamento mundano que nega o pecado. Observamos mensagens nos grupos, cheias de ideologias antibíblicas... outro dia fui no ZAP... Convivemos com ideologias que negam o pecado, alimentam o egocentrismo, divinizam o homem, fomentam o humanismo, relativismo moral inspirado no evolucionismo, iluminismo, ciências psicológicas.

 

II) A SUFICIÊNCIA DA PALAVRA – Tt 2.1 - Sã, do grego, hugiaino, pleno, saudável, diferente dos ensinos impuros e doentios dos falsos mestres. Paulo mostra, do começo ao fim, que o ponto de partida, a prioridade na vida cristã seria conhecer e entender a sã doutrina. Perceba a ênfase que ele dá a sã doutrina, nas instruções a Tito. Em Tt 1.9 “e apegue-se a palavra fiel... para que seja capaz de encorajar outros pela sã doutrina... Em Tt 3.8: “Fiel é esta palavra, e quero que você afirme categoricamente essas coisas... Vemos a relevância e suficiência da Palavra, em relação a outros ensinos. A sã doutrina é bíblica, deve ter ênfase em Jesus Cristo, resultar em um bom comportamento e boas ações, para promover a saúde emocional e espiritual da igreja. Devemos nos fundamentar nas verdades da Bíblia, para que nos desviemos das mestras do pós-modernismo.

Elas não aceitam a imutável verdade de Deus, que é suficiente, para diagnóstico e tratamento da alma, interpretação e solução dos problemas gerados pelo pecado. Nas Escrituras temos tudo para vida e piedade, II Pe 1.3-4, Cristo é tudo...Cl 3.11. A suficiência da Palavra é a suficiência de Cristo, Sl 23.1; Hb 4.12-15.

 

III)MESTRAS DO BEM – Tt 2.2-5 Na igreja há grupos específicos com necessidades particulares... Paulo mostra que as mulheres eram necessárias para vida e vitalidade da igreja. Quem são as mulheres idosas? E as mais jovens? Como devem se comportar? Qual deve ser o estilo de vida?

 

  • Ser reverente, santa na maneira de viver, representar Deus no mundo, 

  • Não caluniadoras, vem da palavra diabo no grego

  • Não escravizadas ao vinho, sóbria, livre do efeito do álcool, sensato, séria, mas não depressiva, 

  • Ser capaz de ensinar o que é bom - aconselhar sobre saúde... relacionamentos... compartilhar instruções... como cuidar de um recém nascido...ajudar adolescentes...mutualidade...

  • Orientar as mais jovens, a importância do feedback, efeito retroativo...estímulo

  • Amar seus maridos, inclui valores como respeito, honestidade, perdão, generosidade,

  • Amar os filhos, não deixa-los caminhar pro inferno, antes consagrá-los a Deus.

  • Ser prudente e pura, moderada, autocontrole, domínio próprio, santificada... modismo, estética, queremos ser bonitas...mas, a verdadeira beleza tá dentro, roupa bonita, modesta.

  • Ocupar-se em casa, no lar.

  • Ser bondosa e sujeita a seu próprio marido.

  • Não difamar a Palavra de Deus.

 

CONSIDERAÇÕES GERAIS: Precisamos perceber que a cultura mundana sempre promove um comportamento que não agrada a Deus, afinal, o mundo está no maligno, faz oposição ao Senhor e descarta o pecado. Contudo, os que estão em Cristo, crucificaram a carne, devem obediência a Deus e são comprometidos com a sã doutrina. As mestras do bem devem está alinhadas com a Palavra de Deus, para que, os pensamentos, as emoções,  as palavras, as ações, os hábitos e o comportamento sejam agradáveis a Deus e para glória do seu Nome. 

 

 

Gilvanete de Andrade Costa Silva

LOCALIZAÇÃO

João Ribeiro Coutinho, 82

Centro, Santa Rita - PB 58300-230

(83) 3229-5562

ieadsrpb@gmail.com

CULTOS

Sábado às 19:00h

Domingo às 19:00h

Terça-feira às 19:00h

CONECTE-SE
  • Grey Facebook Icon
  • AD Santa Rita
  • Grey YouTube Icon

© 2016 por AD Santa Rita. Todos os direitos reservados.